segunda-feira, 22 de junho de 2015

Radicalismo verde na encíclica Laudato Si gera aflição
Declaração de Voice of the Family

Lançamento da encíclica Laudato Si', Vaticano, 18 de junho de 2015
Lançamento da encíclica Laudato Si', Vaticano, 18 de junho de 2015



ROMA, 18 de junho de 2015 – A coalizão internacional Voice of the Family está profundamente preocupada pela ausência, na encíclica Laudato Si, de qualquer reafirmação do ensinamento da Igreja contra a concepção e pela procriação como fim primeiro do ato sexual.

A encíclica publicada nesta manhã afirma oportunamente que “a defesa da natureza não é compatível .... com a justificação do aborto” (no 120) e “que o crescimento demográfico é plenamente compatível com um desenvolvimento integral e solidário” (no 50).

Contudo, a omissão de qualquer referência ao ensinamento da Igreja sobre a contracepção deixa os católicos despreparados para resistir ao programa internacional de controle da população.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Europa, pepineira de soldados da guerra santa do islã !

Três jihadistas franceses conclamam os muçulmanos na França para irem lutar na Síria,
em vídeo de propaganda do Estado Islâmico.



O jornal parisiense Le Figaro calculou que cerca de 1.600 franceses estão engajados nas fileiras da guerra santa islâmica e que mais de 100 deles já foram mortos.

Os mais recentes casos seriam dois adolescentes de 12 e 14 anos, que partiram para o Oriente há dois anos junto com a mãe, originária da região de Toulouse.

A jihad (guerra santa islâmica) em princípio é uma guerra divinamente enlouquecida e sem retorno. Os 100 islamitas que partiram da Franca e perderam a vida na Síria ou no Iraque foram recenseados pelos serviços antiterroristas gauleses.

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Itália: muçulmanos acossam
e insultam procissão de Nossa Senhora

Procissão na província de Ravenna
Procissão na província de Ravenna



Na pequena cidade italiana de Conselice, província de Ravenna, os fiéis faziam no mês de maio, consagrado a Nossa Senhora, sua tradicional procissão com a Madonna.

As crianças estavam vestidas para a Primeira Comunhão, cantavam hinos ou rezavam o terço, noticiou a agência Breitbart.

É uma arraigada tradição que reúne todos os anos o povo na Piazza Foresti, passando por várias ruas até chegar à Via Dante Alighieri. Mas nessa rua há o Centro Cultural Islâmico Attadamun, que acolhe imigrantes muçulmanos.

A procissão foi interrompida por gritos e provocações. Um grupo de jovens maometanos do Centro Islâmico começou a berrar e fazer ameaças. As crianças não sabiam o que fazer e pararam.

Os islâmicos gritavam às crianças: “Fora daqui. Fora!, fora!, vão embora!” A procissão continuou seu percurso, mas um ar enrarecido tomou conta da cidade.