quinta-feira, 12 de abril de 2012

Episódio de heroísmo anti-cristianofóbico na Nigéria

Pároco se interpôs entre metralhadoras e fiéis

Na saída da missa de Natal da igreja de Santa Teresa, em Madalla, Nigéria, a milícia islamita de Boko Haram assassinou covardemente 44 fiéis e feriu mais de cem.

A imagem de Nossa Senhora da Piedade ficou coberta pelo sangue dos mártires, espalhado por violenta explosão.

O pároco Isaac Achi viu os corpos queimados e ouviu os feridos gemendo.

Na confusão, as forças do exército começaram a disparar contra milhares de fiéis em pânico, mas o sacerdote se interpôs entre ambos. Os soldados pararam.

Pietà salpicada do sangue dos fiéis mártires nigerianos
Para os fiéis, ele é o verdadeiro herói de Santa Teresa.

O padre Isaac ficou recolhendo durante três dias partículas humanas dos muros da igreja, noticiou o “ABC” de Madri.

A Cristofobia ruge na Nigéria e o demônio seu inspirador também.



Um comentário:

  1. Antonio Carlos Evangelista15 de abril de 2012 04:26

    È mesmo um espantoquando a própria criação de Deus resolve rejeitar o seu Criador e Senhor.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.