quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Incoerência radical: aborto e “direitos” dos animais

Chá em favor dos caes, Valores inegociáveis
Na Suíça, que legalizou o aborto, os seres humanos não nascidos valem menos que plantas e animais, segundo o site LifeSiteNews.

O Comitê de Ética Federal suíço promove agora a “dignidade” das plantas, e o Parlamento legislou sobre direitos dos cachorros, cujos donos terão que fazer um curso teórico e prático de “cuidados caninos” [foto].

Os pescadores deverão fazer uma “pesca humana”, para não “afetar” tanto os peixes. Outro regulamento protegerá os rebanhos dos “maus tratos” de seus proprietários.

Em sentido contrário, foi exemplar a decisão unânime do Congresso de El Salvador, de assinar a declaração “Sim à vida”, que condena o aborto como “crime abominável”. 108 dos 118 legisladores de Honduras assinaram análogo documento.

Desejo receber atualizações gratis e instantâneas do blog 'Luz de Cristo x trevas da razão' no meu Email

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.