sexta-feira, 27 de julho de 2007

Morto “olhando” a TV é achado um ano depois

O cadáver de Vincenzo Ricardo, de 70 anos, foi achado diante da TV um ano após o falecimento. O fato pôs em relevo um dos lados menos falados do mundo moderno: a solidão. A polícia encontrou o corpo “olhando” para a TV ainda ligada, em sua casa no estado de Nova York. Ninguém notou sua falta, até que estourou um cano de água no prédio. A dissolução das famílias faz com que ninguém mais se interesse pelos velhos. Ou vão para um asilo ou ficam isolados num apartamento, quando não são mortos pela eutanásia. A TV funciona como válvula de escape para a frustração. Quando cessa o relacionamento de alma entre os parentes próximos, a TV atua como emplastro. Não há verdadeiro entretenimento... e reina a TV! Já antes da morte física, reina a morte moral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.