sexta-feira, 27 de julho de 2007

Moças no agito podem levar cabeleiras de prisioneiras russas

A moda exige concessões pessoais, por vezes pavorosas. O diário "The Times", de Londres, denunciou que os cabelos usados para o "megahair" (extensões de cabelo) vêm das prisões da Rússia. Lá, as condenadas têm a cabeça raspada ilegalmente. Também os cabelos são tirados de crianças e deficientes mentais.

"Se você entra num centro de detenção com longos e belos cabelos, há pouca chance de sair com eles intactos", confirmou Lyudmila Alper, vice-diretora do Centro para a Reforma das Prisões, de Moscou.

Victoria Beckham, figura do jet-set ocidental, declarou cinicamente ao jornal inglês "The Sunday Times": "Minhas extensões vêm de prisioneiras russas, por isso levo o Pavilhão H [de uma prisão] russo na cabeça".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.